Exposição no Grupo Espírita Joana D'arc.

Exposição no Grupo Espírita André Luiz. 

Observadora aprecia a exposição - Grupo Espírita Allan Kardec

Exposição no Centro Espírita União, Amor e Caridade - Santo Aleixo.

Exposição na Sociedade Espírita de Assistência e Estudo.

Exposição na Casa Espírita Caminho de Suruí

Bezerra de Menezes - Político Espírita.


Exposição no Centro Espírita Cultivadores do Evangelho

Adolpho Bezerra de Menezes Cavalcanti nascido em 29 de Agosto de 1931, na fazenda Santa Bárbara, próximo ao riacho das Pedras, na freguesia do Riacho do Sangue, hoje encravada no município de Jaguaretama, Ceará. Desgastada como é a imagem dos políticos brasileiros, pode-se pensar até que se deseja diminuir a estatura de Bezerra ao se procurar conhecer um pouco de sua vida política. Ao contrário, conhecer essa parte da vida de Bezerra é de super importância, pois só assim, iríamos perceber o quanto a classe dos políticos brasileiros teria a ganhar se mirasse o seu empenho no exemplo do grande parlamentar. Falar de Bezerra de Menezes, o político, é render tributo à coragem, ao devotamento, ao trabalho incansável, ao patriotismo de um homem geral cujas ideias estavam muito a frente de seu tempo. Num período difícil de nossa história, Bezerra ingressa na política para atender as necessidades das pessoas mais simples, que viam nele uma figura paternal e protetora, capaz de lutar pelo bem-estar geral. Bezerra iniciou-se na atividade política em 1860, como vereador pelo Partido Liberal, tendo sido reeleito para o cargo de vereador, defendendo a proposta da municipalidade. Nessa fase de atuação política chegou a ocupar diversas vezes a função de presidente interino da Câmara Municipal da Corte. Posteriormente, em 1867 foi eleito deputado geral no Rio de Janeiro, e agora passa a ocupar-se politicamente com os destinos do país, somente deixando essa posição quando da dissolução da Câmara dos Deputados, por ocasião dos conservadores ao poder. Afastado de sua vida política, no ano de 1969, Bezerra publica seu primeiro livro sob o título A Escravidão no Brasil e as medidas que convém tomar para extingui-la sem dano para a nação. Já em 1872, na condição de diretor da Companhia Arquitetônica, abre o Boulevard 28 de Setembro, no bairro de Vila Isabel. Após quatro anos afastado da política, em 1873, retoma suas atividades, novamente como vereador. Em 1875, Bezerra exerce a função de presidente da Companhia Carris Urbanos de São Cristóvão. Foi exatamente nesse ano que recebeu das mãos de seu amigo, Dr. Joaquim Carlos Travassos, O Livro dos Espíritos, obra que modificaria por inteiro os rumos de sua existência carnal. Após dois anos, em 1877, Bezerra publica Breves considerações sobre as secas do norte, onde expõe os problemas de sua terra. Nessa ocasião estava exercendo o cargo de presidente interino da Câmara Municipal da Corte. No ano de 1878, torna-se presidente efetivo da Câmara Municipal da Corte, e com a volta dos deputados liberais ao poder, é novamente eleito à Câmara dos Deputados, representando o Rio de Janeiro, cargo que exerceu até 1885, quando se retira da política onde ocupava a posição de presidente da Câmera Municipal e deputado geral pelo Distrito da Corte. No ano seguinte, pronuncia no grande salão da Guarda Velha, em 16 de Agosto, com mil e quinhentas pessoas presentes, o seu discurso de conversão ao espiritismo. A partir desse momento, Bezerra inicia suas atividades no movimento espírita. 
​Em 1900 volta a pátria espiritual no dia 11 de Abril, às onze horas e trinta minutos, o Rio de Janeiro, cumprindo sua missão. E, não obstante sua posição espiritual permanece junto ao orbe terreno atuando como inspirador do espiritismo no Brasil e no mundo.   Referência Bibliográfica: KLEIN FILHO, LUCIANO (ORG) ; Bezerra de Menezes – Fatos e Documentos, Editora Lachâtre, 2000.

     No dia 31 de Agosto de 2014 foi aberta no Grupo Espírita Allan Kardec a Exposição Bezerra de Menezes - Político Espírita, no encerramento do I Congresso Espírita de Magé e Guapimirim


Essa exposição, idealizada pelo antigo Coordenador da Área de Educação EspíritaBruno Lourenço, foi organizada e preparada pela Equipe de Comunicação Social Espírita através de vasta pesquisa em Livros Biográficos sobre a vida de Bezerra de Menezes.


A Exposição que antes havia sido idealizada para ser  apresentada durante o I Congresso Espírita de Magé e Guapimirim, tornou-se Itinerante, e assim, percorrerá todas as Instituições Espíritas Adesas ao 6CEU/CEERJ, conforme ordem apresentada após o texto.


Para a confecção da exposição foram realizadas visitas a Biblioteca Nacional e a Câmara de Vereadores, ambas localizadas no município do Rio de Janeiro. Apesar da simplicidade na confecção das telas, a Exposição Itinerante apresenta a riquíssima vida Política de Bezerra de Menezes, grande personagem do Movimento Espírita e da Vida Política do Brasil.

seguir, você poderá ver a lista contendo a ordem das Instituições que receberá a Exposição, além do resumo da vida política de Bezerra de Menezes e algumas fotos dos lugares onde a mesma já passou.

A exposição conta com a participação dos seguintes trabalhadores da Equipe de Comunicação Social Espírita:

Rodolpho Guilherme e Marcos Natividade- Respectivamente Coordenador e suplente da Área de Comunicação Social Espírita do 6CEU/CEERJ

Víctor Lopes e Douglas Liborio (Ambos do GEJD), - Membros da Equipe da ACSE do 6CEU/CEERJ.

Se você ainda não viu a exposição, não deixe de prestigia-la quando a mesma estiver em uma das Instituições Espíritas próximas de você. Você é nosso convidado Especial.